quarta-feira, 7 de fevereiro de 2007

Dei-lhe um murro

Pois foi, ontem dei um murro na minha menina.
Um murro de punho fechado na sobrancelha direita, até senti a moleza do olhinho.
Fiquei tão aflita que a abraçei a rir e a dar beijinhos.
Ela começou a choramingar mas ao ver-me rir depressa começou a brincar também.

Eu não sei como é que voçês despem um casaco quando estão com pressa.
Eu fechei a mão para segurar a manga e estiquei o braço para trás.
Um gesto talvez não muito fino e delicado mas complectamente inofensivo, não fosse a minha menina ter o hábito de nos seguir como uma sombra principalmente enquando nos deslocamos apressada e atrapalhadamente com a falta de tempo.

E foi assim que aconteceu.
Depois de passar senti-me muito mal por ter levado a coisa a rir.
Mas agora estou feliz por me ter dado para isso.
Dessa forma acabamos por recordar o espisódio de uma forma cómica e não trágica.

Mas não consigo deixar de pensar que é nestas pequenas coisas do dia a dia que podem, inadvertidamente, acontecer acidentes graves.

Felizmente não foi nada.

8 Comments:

Anonymous mariavicente said...

ainda outro dia ia cortando a orelha á filhota enquanto lhe cortava os caracois. acidentes parvos, não é?

07 fevereiro, 2007 17:47  
Anonymous maria said...

Tou aqui bem??? Já tiraste o casaco hoje??? ehehe
São acidentes q acontecem, parvos, mas q acontecem e q não passam de acidentes msm.
A partir de agora tens q tar mais atenta, pq com uma sombra atrás de ti, não é fácil.
Ainda bem q não foi nada demais e q acabaram a rir.
Talvez a tua menina passe a deixar de ser sombra coladinha a ti, talvez ela pense duas vezes antes de te seguir...tadinha.
Uma beijoka pás duas,
maria

07 fevereiro, 2007 18:18  
Blogger Ana said...

Coitadinha, espero que nao tenha ficado com o olho negro.
Beijinhos
Ana Felpuda

07 fevereiro, 2007 19:12  
Blogger mãe tataruga said...

Tadinha... são coisas que acontecem...
...cá por casa geralmente é ao contrario, eu é que estou sempre a levar murros e cabeçadas.
Beijinhos

07 fevereiro, 2007 21:46  
Blogger Mamã da Nini said...

Eu ando sempre com medo de calcar a Inês. Anda sempre atrás de mim, agarrada às minhas pernas...
Acidentes acontecem, por muitos cuidados que tenhámos.
Bjs

08 fevereiro, 2007 00:42  
Blogger Miguel said...

Violencia infantil logo de manhã ...!

Ai ai ai ...!


Bjks da matilde e Cª!

08 fevereiro, 2007 09:59  
Blogger Patricia said...

Tadinha... ainda bem que não foi nada de mais grave. É assim que elas acontecem!

09 fevereiro, 2007 16:42  
Blogger Isália said...

ainda bem que nao foi nada, nao foi de proposito...ainda hoje estava na brincadeira com meu namorado ele puxa-me e eu dou uma cabeçada mesmo em cheio na quina da porta...até vi estrelinhas....vieram.me as lagrimas aos olhos, ele agarrou-me com força a dar beijos no doi doi e eu desato a rir...

14 fevereiro, 2007 20:59  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home