terça-feira, 24 de abril de 2007

Afinal eu sou... muito importante

Não tinha vontade de subir as escadas, arranjar as camas... enfim, toda essa azáfama da hora da deitada.

Foi por isso que ali mesmo na sala vesti o pijaminha à minha menina.
Dei-lhe um beijinho e um abracinho, disse-lhe que a adoro e "montei-a" ás cavalitas do papá que a foi deitar e lhe leu a história.

Nem cinco minutos passados e já me chamava com aqueles gritos estridentes que rasgam por completo os nervos de quem já os tem em franja.

Galguei as escadas treinando mentalmente o ralhete pois já lhes disse um milhão de vezes que o intercomunicador dispensa completamente uma gritaria tão alta. E além disso o papá tinha acabado de sair de lá.

Abro a porta do quarto e... vejo o seu nariz redondinho, os totós espalhados em cima da travesseira, o olhar brilhante no quartinho semi-escuro...

Saiu-me da garganta um baixinho "Que se passa querida?"

"Oh mamã, eu não sou capaz de dormir sem um beijinho teu.
Não é uma noite normal."

Dar-lhe um beijinho depois de a deitar faz de tal forma parte da normalidade do dia a dia que eu acho que ainda nem me tinha apercebido da importância que isso tem para ela.
Como sou tonta!
Fiquei sem saber.
Fiquei sem saber se deveria ficar feliz ... ou sentir-me culpada.
Acho que senti um misto de ambos.

12 Comments:

Blogger María&Peste said...

Pois compreendo-te.....mas devias ficar acima de tudo feliz pelo simples gesto que tanta falta lhe faz no aconchego dos sonhos! Bjnhos

26 abril, 2007 14:00  
Blogger Carina M said...

Vês afinal tens em casa quem te diga o quanto és importante, por vezes o dia a dia toma conta da nossa vida e fazemos as coisas automaticamente mas temos os nossos filhotes que ainda não foram apanhados por essa azafama para nos chamar á realidade e até nos fazerem sentir bem. Diz lá apesar da culpa k sentiste não te sentiste a mulher mais amada por um ser tão pequenino ter sentido a tau falta? Como vês para ela és única.
Bjs

26 abril, 2007 15:07  
Blogger mãe tataruga said...

Tão querida!!!! A tua filha é uma ternurenta:)
Beijinhos meus pra ela

26 abril, 2007 15:08  
Blogger Gioconda said...

Nada de culpas.... uma mãe também tem "os seus dias".... só tens é que te sentir muito feliz por ser tão importante para a tua filhota o teu beijinho....

26 abril, 2007 15:37  
Blogger mariavicente said...

feliz, sem dúvida. beijinhos importantes até podem ser pedidos aos gritos, eh eh eh
te ja

26 abril, 2007 16:32  
Blogger Patricia said...

Deve ser maravilhoso ouvir isso, apesar do cansaço!

26 abril, 2007 20:30  
Blogger Patricia said...

Deve ser maravilhoso ouvir isso, apesar do cansaço!

26 abril, 2007 20:30  
Blogger Patricia said...

Este comentário foi removido pelo autor.

26 abril, 2007 20:30  
Blogger Meggy said...

Claro que és importante para tantas e tantas pessoas... Afinal és "aquela pessoa" na vida do teu marido, dos teus filhos...

Beijo

26 abril, 2007 22:12  
Blogger Nokas said...

Linda, simplesmente linda, eu acho que so te deves sentir feliz.
beijinhos

26 abril, 2007 23:09  
Blogger Enfim... said...

lol que querida

é bom saber que alguem sente a nossa falta

bjokas

bom fim semana

27 abril, 2007 16:39  
Blogger Omeupititxoco said...

Querida menina :-) às vezes no meio da rotina já fazemos as coisas automaticamente sem nos apercebermos o quanto é importante os nossos gestos habituais...sem o beijinho da mamã dormir não teria o mesmo gosto...linda!

27 abril, 2007 19:12  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home