quarta-feira, 16 de maio de 2007

O que fica na memória

Depois de um dia inteiro sem o ver, ontem saí do trabalho e fui buscar o meu menino que já estava jantado.

Ao chegar a casa:
“Mamã, vamos bincái.”
“Filho, a mamã tem que regar as flores. Queres regá-las comigo ou queres ver o zig zag?”
“Quéo vei o zig zag.”
E viu o zig zag sozinho enquanto eu regava.

“Mamã, já tá a dái os patinhos, vamos bincái?”
“Queres ajudar a mamã a plantar estas florinhas?”
Ficou super contente.

Bebemos um copo de leite e caminha com ele.

Hoje cantámos e rimos enquanto lhe dei banho, tomou o pequeno-almoço sozinho enquanto eu estendia a roupa e... escola com ele.

E são assim a maioria dos dias. E é isto que me faz pensar.

Que recordação deixarei eu aos meus filhos?
Que tipo de mãe serei eu?

A mãe que ao pequeno-almoço se deixa substituir pela Dora, o Nody, o Duarte, o Harry e o balde de dinossauros ou qualquer outro boneco do zig zag?

Ou a mãe que canta e ri no banho?

Quando digo que tenho uma coisa para lhe dizer, antecipa-se logo: “Já sei, tu adoras-me”. E diz que quando for velhote vai ser sempre o meu bebé porque eu vou estar no coração dele. E diz que eu sou feliz porque ele existe - e tem razão.

Mas... o que prevalecerá ao longo dos anos que vão passar?

Os menos momentos divertidos que passamos juntos e as palavras doces que trocamos?

Ou os mais momentos que passamos distantes?

Sim, porque a maior parte do tempo que estamos perto... é a dormir. Esse não conta pois não?

15 Comments:

Blogger Carina M said...

Tu a escreveres e eu a pensar. como é que faço, como será que ela se vai lembrar de mim? Acho que é bom de vez em quando mimá-los, mimá-los muito.
Bjs

16 maio, 2007 11:29  
Blogger Ana said...

Tu es a melhor mae que ele podia ter.
Tenho a certeza que quando ele se tornar num homem, se vai lembrar das conversas, das brincadeiras, do amor enorme com que a sua mae o criou.

PS- Segunda-feira tambem estive a plantar flores com a Shania. Mais valia que nao tivesse feito nada...

16 maio, 2007 12:25  
Blogger mariavicente said...

contam sim mamã, mesmo a dormir ele sabe que tu o Amas e cuidas do soninho dele e estás ali para tudo.
fica tranquila miga.
bjs

16 maio, 2007 14:29  
Blogger LenaMaga said...

dá que pensar realmente... mas a vida é mesmo assim, infelizmente
a minha mãe costuma dizer que não teve tempo para as filhas porque trabalhava e agora tem tempo para os netos
bjs

16 maio, 2007 17:40  
Blogger a mamã do reguila said...

pois acho que todas nós pensamos nisso, de uma maneira ou outra
mas a vida é assim e a verdade é que eles lembram-se das coisas boas ... como nos tb nos lembramos
mas todo o tempinho que tivermos devomos dedicar a eles- pasas tao depressa

16 maio, 2007 18:27  
Blogger María&Peste said...

Penso o mesmo, mas acho que vão ser os bons momentos...porque é assim que me lembro da minha mãe....pelo menos quando não estou de trombas com ela :)) Bjnhso

17 maio, 2007 13:48  
Blogger Ana Isabel said...

Tb penso por vezes nisso miga.
O tempo já é tão apertadinho q só nos faz pensar dps nisso.
Mas podes ter a certeza que se vão lembrar sempre do bons momentos.
Bjs

17 maio, 2007 16:09  
Blogger Patricia said...

Também penso nisso. Era tão bom poder acompanhar o crescimento dos meus filhos (quando os tiver) de perto. Mas a vida não está para esses facilitismos. A verdade é que só trabalhando lhes podemos dar a melhor vida do mundo... É assim a vida... e como diz o anúncio - Não importa o tempo que não estamos juntos, importa o que fazemos quando o estamos.

17 maio, 2007 17:55  
Blogger Caracol Azul said...

Olá Maria João
Esteve no meu blog: www.caracol-azul.blogspot.com Não deixou lá um contacto para eu lhe responder, então esta foi a unica maneira de eu lhe responder.
Pergunta se eu tambem fazia aventais para meninos? Faço, claro... Se tiver alguma ideia de boneco para lá pôr, porque não!
Beijos

17 maio, 2007 18:12  
Blogger Omeupititxoco said...

Pelo que leio aqui acho que ele(e ela, claro)têm noção do mais importante: têm uma mãe que os ama. E quando uma criança tem esta certeza, o resto vem por acréscimo, claro que todos temos as nossas rotinas,que gostaríamos de passar mais tempo com eles,mas se os momentos que dedicamos só a eles são recheados de carinho...é disso mesmo que eles recordam-se. Eu falo por mim, os meus pais sempre trabalharam , mas tenho boas lembranças de dias bem passados todos juntos.
Jinhos grandes

18 maio, 2007 01:38  
Anonymous Anónimo said...

Olá Maria João quando li o que escreveste é que percebi a sorte que tenho,o meu filho tem 8 anos e desde que ele nasceu só trabalhei um ano e meio,por opção.Devo ser uma priveligiada.Mas,não importa o tempo que estamos com eles,temos é que saber aproveitar o pouco tempo.
E tu concerteza que sabes.
Beijinhos
Diana Gonçalves

18 maio, 2007 18:47  
Blogger o alquimista said...

Os teus pés são navegantes na espuma, o teu cabelo dança em descuidada ironia, suave viagem de ondulante onda em tua boca, duas sílabas sopradas em mágica melodia…

Bom fim de semana

Doce beijo

18 maio, 2007 23:21  
Blogger turbolenta said...

Mais tarde prevalecem os bons momentos ou algo de mau mas que foi muito marcante.Eu lembro-me perfeitamente, de vários episódios . Quando falava nisso à minha mãe ela dizia-me: mas tu só tinha 4 anos. Lembras-te disso? E alguns eu descrevia-os tão bem e com cores(por exemplo de um casaco que tive,do que se via da minha janela etc) que a minha mãe achava muito estranho.O certo é que nunca ,mas nunca me esqueci de alguns desses episódios, que aliás tenho vindo a contar, de vez em quando no meu blog Dietas e companhia.
Mas vá gravando bem na memória essas conversas. Mais tarde vai fazer perguntas.Querer SABER COMO FALAVA, O QUE DIZIA. COMO FAZIA...
E sobretudo: não tire só fotos. Faça vídeos e vai ter a certeza que, mais tarde, lhe vai agradecer.Alem de a mãe também gostar de rever esses momentos únicos.
bom fim semana

Obrg pela visita ao meu blog.

19 maio, 2007 16:00  
Blogger Gioconda said...

Ola.... a pouco e pouco tenho tentado reaver os meus contactos... se quiseres continuar a ler-me, envia-me um mail para

gioconda_gorda@yahoo.com.br

21 maio, 2007 12:41  
Blogger Meggy said...

Eles sentem o amor... E o amor, não se esquece. Nunca se esquece.

Boa semana

Beijo

21 maio, 2007 20:23  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home