quarta-feira, 8 de abril de 2009

8 de Abril

563 a.C. - nasce Siddhartha Gautama, Buda, fundador do budismo

1320 - nasce D. Pedro I, filho do rei Afonso IV e de sua mulher, D. Beatriz de Castela

1455 - Afonso de Borga é eleito Papa e adopta o nome de Calixto III

1546 - O Concilio de Trento adopta a Vulgata como versão oficial da Bíblia

1640 - Sai de Lisboa a esquadra que leva ao Brasil o primeiro vice-rei nomeado para aquela colónia, o Marquês de Montalvão

1859 - Nasce Edmund Husserl, filósofo alemão

1909 - Nasce a minha avó, filha de Custódio e de sua mulher Elvira

1938 - Nasce Kofi Annan, político ganês

1950 - Morre Vaslav Fromich Nijinsky, bailarino e coreógrafo de ballet russo, nacido en Kíev

1973 - Morre Pablo Picasso, pintor e escultor espanhol

Há um século atrás, um pequeno pormenor, totalmente determinante para minha existência.
Levei umas florinhas côr rosa.

Malmequeres de palha são as únicas duraveis que tenho floridas agora.

Eu gosto de malmequeres de palha.

10 Comments:

Blogger Isália said...

Um ano importante...de facto e determinante

08 abril, 2009 18:16  
Blogger Habiba said...

Gostavas muito dela!!! Gostas muito dela... Beijinhos querida

09 abril, 2009 18:33  
Blogger Omeupititxoco said...

Um post que contribuiu para aumentar a nossa cultura geral :-)
E uma avó que foi decerto muito importante, nota-se. Jinho* Feliz Páscoa.

11 abril, 2009 00:26  
Blogger albana said...

como diria a minha avó e provavelmente a tua avó..."saber não ocupa lugar"

o mais importante de todos tem precisamente um século...

também gosto de malmequeres palha!

bjinho

14 abril, 2009 09:55  
Blogger Maria Vicente said...

Uma data importante mesmo.
Malmequeres de palha? Queria te-los no meu jardim novo, como faço? Onde arranjo? No alentejo tinha tantos.
Beijinhos cheios de saudades tuas.

14 abril, 2009 10:46  
Blogger turbolenta said...

É muito bom que nos lembremos das nossas avós, mesmo quando não façam parte do reino das pessoas vivas.Lembro-me das minhas com saudade, e muitas vezes.
Passei uma infância feliz na sua convivência.Tinham uma paciência de anjo para aturar as patifarias que eu e os meus primos fazíamos.NUnca nos bateram.Mas tinhamos muito respeito aquelas pessoas que nos acarinhavam, que tanto brincavam connosco.
Belos serões passados à volta da lareira, com a minha avó materna a assar castanhas(e não as dava assadas para os netos comerem)
E nem quando corríamos atrás do cavalo ela nos ralhava.Só nos chamava para o pé dela.
E ainda hoje, se fechar os olhos consigo lembrar-me, na perfeição, da sua fisionomia, dos fatos e de pequenos gestos e palavras.E a última morreu há 42 anos...
Pelo que li, apercebi-me o quanto ela era importante para ti.
Boas são as memórias quando grande era o amor.
boa semana

16 abril, 2009 22:03  
Blogger Meggy said...

Há dias importantes!

Mas o mais importante é o que de importante aconteceu na nossa própria história.

Beijinho

02 maio, 2009 00:01  
Blogger Maria Vicente said...

Beijo beijo

07 maio, 2009 10:21  
Blogger Lau said...

Olá =)
Fico sempre tão feliz qdo vejo um comentário seu =D
Sabe que tb comecei um outro biscornu e ainda não consegui teriminar, hehe! Qto ao Lili, esse é o ritmo normal dele, sempre preguiçoso e dorminhoco =)
Bjinhus e uma linda semana p/ vc!

12 maio, 2009 13:45  
Blogger rosa dourada/ondina azul said...

Sempre fica alguma coisa desta lição de história e cultura geral :)))


Beijinho,

23 maio, 2009 21:12  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home